Quando a saudade apertar... lembra que eu também sinto saudade!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 18:58 Postado por Yanne Lívia.
Quando a saudade apertar lembra daquele sorriso, daquele meu olhar bilhante, das longas horas em que nos olhavamos nos olhos e não falavamos nada, mesmo porque a ocasião se entende por si só.
A saudade dói quando chora, quando lembra, quando ouve, quando encanta com encantos únicos. Dói quando se ama, quando chega e principalmente quando parte.
Nas lembranças resta aquele único fio que segura os pensamentos de ontem que poderia ser hoje, amanhã e depois.
E quando a dor é encontrolável eu abraço meu ursinho, me agarro naquele fio pois mesmo que esteja a despencar, pelo menos resta o fio.
Na saudade busco o que resta de lembranças, revirando o baú e minha agenda, lá possuem todos os nosso momentos. Tento me desfazer das coisas que me lembram você. Porém, não são os retratos e as cartas que um dia sumiram que vão deixar que eu apague tudo de uma vez por todas.
Sentir saudade é natural. Dói, mas com o tempo vira apenas lembrança e esta não irá machucar tanto.
Se sentes saudade é porque lembra, lembre que foi eterno no seu espaço de tempo cabível.Lembra dos pequenos instantes que se tornaram grandes momentos.
Me busque no seu mais intimo pensamento e veja que ainda estou por lá.Se procuras saber como ando, creia que estou bem. Se queres saber se continuo acreditando no inacreditável, acredite, ainda acredito que se lembra de mim.

Sua Opnião: 

0 Response to "Quando a saudade apertar... lembra que eu também sinto saudade!"

Postar um comentário

Todo blogueiro sabe que a opinião de seus leitores é importante, então fique à vontade para expor a sua opinião. Obrigada :)

_

Durante muito tempo eu fiquei preocupado com o que os outros achavam ao meu respeito. Mas hoje, o que os outros acham de mim muito pouco me importa [a não ser as pessoas que me amam], porque a minha salvação não depende do que os outros acham de mim, mas do que Deus sabe ao meu respeito.